Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Câmara do Bem
Tietê, 24 de maio de 2018
CÂMARA
MUNICIPAL DE TIETÊ

  • Sessão Ordinária
    05/06/2018
    18:30 horas
  • Palavra do Presidente
  • Palavra do Presidente
  • Sessão Ordinária
    05/06/2018
    18:30 horas
  • Palavra do Presidente
  • Palavra do Presidente

Vereador

Adriano Aronchi  - DEM
Dados do Vereador(a)
Nome Adriano Aronchi
Nome Parlamentar Kiko Aronchi
Partido DEM
Votos 647
Aniversário 21-02
Cargos
  • MESA DIRETORA 2017/2018
    • Mesa Diretora
    • Cargo - PRESIDENTE
Contato:
Email: presidencia@camaratiete.sp.gov.br
Telefone do Gabinete:
Clique aqui para entrar em contato.

Proposições

História do Vereador

KIKO ARONCHI (PRESIDENTE DA CÂMARA BIÊNIO 2017-2018)
Adriano Aronchi nasceu em 21 de fevereiro de 1982 e é muito conhecido como Kiko Aronchi ou Kiko da Live-E. Tem 34 anos de idade e é formado em Administração de Empresas. É filho do saudoso Adirson Aronchi e da sra. Fátima Nunes Aronchi e irmão da jovem Camila Aronchi.
Trabalha desde os 7 anos de idade sendo que, aos 15 anos, ingressou numa indústria madeireira da cidade onde permaneceu por 15 anos atuando em vários segmentos da empresa. Há 10 anos está à frente da Live-E, uma das danceterias mais conceituadas do Estado de São Paulo, a qual recebe jovens de todo o interior paulista.
Foi eleito vereador pelo PHS em 2012 com 471 votos, tendo forte atuação durante seu primeiro mandato (2013 -2016) quando também foi eleito pelos demais vereadores da Casa como o 2º Secretário da Mesa Diretora para os biênios 2013-2014 e 2015-2016.
Trabalhou ao lado do Poder Executivo da gestão 2013-2016 resultando em várias conquistas para Tietê, como as obras de infraestrutura do Distrito Industrial; pavimentação de ruas do bairro São Roque; a reconstrução do emissário do Ribeirão da Serra e a implantação da primeira ciclofaixa de Tietê.
Kiko Aronchi tem forte atuação junto a deputados, tendo trazido junto ao deputado Cauê Macris (PSDB) três emendas a Tietê: 1) R$ 100mil para Santa Casa; 2) R$ 90mil para aquisição de máquina que corta e trituração de galhos 3) R$ 200mil para construção de uma Praça Esportiva na Cohab. Junto do mesmo deputado, ainda conquistou a vinda de telefonia e Internet Banda Larga para o Distrito Industrial e seu entorno.
Reforçando sua trajetória de forte atuação, o vereador integrou a remodelação do calendário festivo de Tietê, que tem garantido diversão à população e a movimentação do comércio com shows gratuitos em datas como o Aniversário de Tietê, Carnaval, Festa da Virada e a Semana Cornélio Pires, por exemplo.
O vereador também é um grande apoiador do esporte tieteense com ações de incentivo a vários atletas, times e clubes da cidade nas seguintes modalidades: futebol; vôlei; handebol; basquete; tênis de mesa; karatê; futsal; triathlon, muay thai, entre outros.
Também ajudou várias entidades e eventos beneficentes e filantrópicos assim como inúmeras famílias e comerciantes nos mais diversos problemas.
Kiko Aronchi foi reeleito em 2016 com 647 para seu segundo mandado ocupando, agora, por maioria de votos, o posto de Presidente da Mesa Diretora da Câmara para o biênio 2017-2018.
Imprimir relatório

Requerimentos

ProposiçõesProp EmentaEm Situação FinalSit. Final Texto Resposta
0200-2018 APROVADO
-
0172-2018 APROVADO
-
0159-2018 APROVADO
0158-2018 APROVADO
-
0157-2018 APROVADO
-
0156-2018 APROVADO
-
0136-2018 APROVADO
0135-2018 APROVADO
0115-2018 APROVADO
0111-2018
REQUEREMOS, ouvido o plenário, se oficie o Sr. Prefeito Municipal para que, após contato com a Secretaria competente, preste as seguintes informações: 1.) Quantos empreendimentos de parcelamento do solo receberam diretrizes, nas quais, a municipalidade assume o compromisso de realizar o tratamento de esgoto através do sistema público? 2.) Quantos empreendimentos estão com diretrizes represadas em razão da não definição em relação à continuidade das obras do sistema público de tratamento de esgoto? 3.) Considerando a indefinição em relação à continuidade, conclusão e prazos das obras do sistema público de tratamento de esgoto, qual é o posicionamento da atual administração em relação às diretrizes de parcelamento de solo já emitidas e nas quais o Poder Público assumiu o compromisso de realizar o tratamento de esgoto mediante o pagamento da taxa de reforço? 4.) Considerando a indefinição em relação à continuidade, conclusão e prazos das obras do sistema público de tratamento de esgoto, qual é o posicionamento da atual administração em relação às diretrizes de parcelamento de solo já requeridas e ainda não deliberadas? 5.) Tendo em vista a indefinição em relação à continuidade, conclusão e prazos das obras do sistema público de tratamento de esgoto, a atual administração irá considerar em suas deliberações alternativas que possibilitem desvincular a conclusão das obras do sistema público ao seu início, continuidade e conclusão dos empreendimentos privados? 6.) Quais seriam as razões administrativas e/ou jurídicas, se é que existem, que estariam impedindo a continuidade nas deliberações em relação ao termo de ajustamento de conduta a ser firmado em relação às diretrizes já emitidas pela municipalidade e cujo cumprimento não vem sendo realizado pelo próprio Poder Público por força de sua inércia e inoperância face as obras do sistema público de tratamento de esgoto?
APROVADO
rodape